A MENINA E A TEMPESTADE/(ternuras!!)

A garota costumava caminhar todos os dias até
a escola. Uma tarde de tempestade, ela começou
a demorar muito; os ventos sopravam cada vez
com mais força, os trovões e raios
sacudiam a vizinhança.
A mãe, preocupada, telefonou para a escola e informaram que a menina já havia saído. Ao ver que ela não chegava, colocou uma capa de chuva, e saiu - imaginando que a filha devia estar paralisada de medo, escondida na casa de um vizinho, chorando, esperando a tempestade passar.
Para sua tranqüilidade, assim que dobrou a esquina, viu a menina andando lentamente em direção à casa; mas parava cada vez que caía um raio, olhava para o céu, e sorria.
A mãe chegou correndo, colocou a menina debaixo de sua capa, e perguntou por que ela tinha demorado tanto.
- Você não está vendo os flashes? – disse a criança. – Deus está tirando fotos de mim”!

Abraços ternos!
POR Ronaldo Adonai