ENTRANDO EM ALFA


Paz intensa lhe desejo!

Já ouvimos dizer que alguém está em alfa. Em geral, isso é dito para definir quem parece viver no “mundo da Lua”. Estar em alfa é sinônimo de relaxar com os olhos fechados. Alfa é o primeiro estado mental descrito pelo psiquiatra alemão Hans Berger, quando ele começou a utilizar o EEG (eletroencefalograma). Se nos relaxamos de olhos fechados, não pensamos em nada e nem fazemos nenhum esforço mental, nosso EEG revela que o cérebro, nessas condições, produz ondas de atividade elétrica com uma freqüência de 10 a 15 ondas por segundo. Se abrirmos os olhos e se concentrarmos em alguma coisa, as ondas alfa desaparecem, dando lugar às ondas beta e gama, cuja freqüência é de 20 a 40 por segundo. Com treino e persistência, nós determinamos se entramos em alfa, via meditação, ou se continuamos no corre-corre diário, que provoca estresse. Na primeira opção, sigamos os budistas. Em um lugar tranqüilo, pensemos: "Assim como eu quero ser feliz e evitar o sofrimento, outros também querem a felicidade". Nessa hora, lembremo-nos dos que vivem ao nosso redor e, quando sentirmos a sensação de que todos somos iguais, concentremo-nos nesse sentimento. Quanto mais fixarmos essa imagem na mente, mais calmos e mais tranqüilos nos sentiremos.

Abraços de luz!
Ad. 
Por Ronaldo Adonai