O CAIBALION, cap. 12 - A Causalidade