SEGUE SOMENTE O CRISTO/Trecho do Livro /Cirurgia Moral /João Nunes Maia



Nosso Senhor Jesus Cristo é o nosso Caminho. Ele nos acordou para a razão.
Até hoje segue nossos passos, esperando que despertemos para o Amor, aquele amor
que serve sem trocas transitórias, sem averiguações indesejadas, desprendendo-se dos interesses
próprios.
Corres sempre o risco de errar ao seguires homens na Terra, mesmo que
sejam os mais entendidos. Ainda resta muita coisa por fazer em todas as condutas, daí o
perigo de caíres com eles em erros graves. Segue somente o Cristo, por ser somente Ele o
Caminho, a Verdade e a Vida.
É justo que devas apreciar os dotes alheios, examinar os grandes personagens
da história, mas procedendo como fez e falou Paulo de Tarso: retirar o que for conveniente
e prosseguir o teu próprio caminho. A criatura encarnada, por mais virtuosa que seja,
ainda está presa, de certo modo, às trevas do passado. Sua situação atual se encontra ligada
à situações por enquanto instáveis, sujeita a novos deslizes. E quem a segue de olhos fechados,
sem o discernimento da razão, está sujeito a cair com ela na fossa do desespero.
Em quase todos os nossos escritos procuramos advertir a todos os leitores
para se examinarem a si mesmos e procurarem confiar mais nas suas próprias forças, despertando,
no íntimo, a luz que os conduzirá para a frente e para o alto. Na Terra não há nada
definitivo, estando tudo sujeito a constantes mutações. A verdade é relativa em todos os
ângulos e as pessoas devem mudar com a força do progresso espiritual. A evolução do
Cristo está fora do ambiente terreno. Ele é conhecedor de todas as nossas necessidades, o
Engenheiro Sideral mais iluminado, Pastor de todo o rebanho do planeta. Quem segue homens
deixa-se influenciar por eles e quem caminha com Jesus é cuidadoso no equilíbrio, de
sorte a plasmar somente o que suporta, na sua estrutura de vida.
É certo que participes da religião ou filosofia que preferires. No entanto,
deves habituar-te a carregar a tua própria cruz, conhecer os teus problemas e construir o teu
reino, onde serás o deus. Não deixes que palavras bonitas e bem postas de pregadores e tribunos
de todas as espécies te prendam, associando as idéias deles às tuas, como sendo pensamentos
condicionados, quando a Sua fala esteja em conflito com as leis divinas. Prepara-te
para analisares o que ouves, seja de quem for, porque és diferente daquele que fala e as tuas
necessidades nem sempre são iguais às dele. Deves procurar o teu próprio caminho e seres o
instrutor de ti mesmo, sem, contudo, desconsiderar o que foi bom para muitos.
A experiência alheia muito nos ajuda, porém, como estudo para que tomemos
as nossas decisões. Naturalmente devemos ouvir os companheiros que têm o dom da
palavra. Entretanto, não devemos nos deixar guiar por eles. Existem muitos tipos de alimentos
que servem para manter a nossa vida física. Todavia, o próprio organismo rejeita certas
espécies. Assim é no campo do espírito. Tudo o que existe, certamente o é por lei. Entrementes,
nem tudo convém ser assimilado. E, para isso, busquemos a Jesus pela oração, que
Ele nos ensinará a escolher o que de melhor possamos receber. O Mestre é, por excelência,
o Pastor inconfundível, que deve ser despertado em nós por amor a nós mesmos e por obediência
ao Nosso Pai Celestial.