ACEITA-TE!

Diz a tradição egípcia que o Creador gerou o homem através da palavra. A palavra é o conjunto de vibrações com que a mônada foi emitida; a palavra é o potencial, são os atributos com que o Creador impregnou a sua creatura. És detentor da palavra, ela te permeia desde que "saíste" da fonte central do Universo, ela vai contigo vida em fora; é como se constituísses um conjunto de acordes sonoros emitidos pelo Cantor Celeste.

Tu és uma sinfonia única, mas teus irmãos também são outras tantas sinfonias, outros tantos acordes, outras tantas palavras proferidas pelo Creador.

O verbo, que no princípio estava com Deus, que no princípio era Deus e que se fez carne através de Jesus de Nazareth, faz-se também carne através de toda a Creação Divina, inclusive através de ti.

Aceita-te como uma emissão do Verbo Divino, aceita-te como alguém que faz falta no conjunto do Universo, aceita-te como uma nota sem a qual não estaria completa a sinfonia cósmica.

Delfos (Huberto Rohden)
Medium: Luiz Antonio Millecco Filho