OS AMIGOS....


Os Amigos...

São tão amigos, que voltam.
São tão fraternos, que se unem.
São tão simples, que cativam.
São tão desprendidos, que doam.
São tão dignos, que amam, compreendem e perdoam.
São tão necessários, que sempre se fazem presentes.
São tão grandes, que se distinguem.
São tão dedicados, que edificam.
São tão preciosos, que se conservam.
São tão irmãos, que partilham.
São tão sábios, que ouvem, iluminam e calam.
São tão raros, que se consagram.
São tão importantes, que não se esquecem.
São tão fortes, que protegem.
São tão presentes, que participam.
São tão sagrados, que se perenizam.
São tão santos, que oram.
São tão solidários, que se esquecem de si mesmos.
São tão felizes, que fazem a festa.

São tantos os que se dizem amigos.
Mas, se tivermos realmente, um único amigo, conservemo-lo.
Amigo, não é aquele que enxuga nossas lágrimas, mas sim,
Aquele que não nos faz chorar.

“Amigo é coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito”.
Dentro do coração “.

Por Ronaldo Adonai