NÃO PISEMOS NAS FLORES DO CAMPO .../Bezerra de Menezes


Um dia Maria caminhava com uma amiga para ir pegar a água preciosa no
poço.

Quando Ela viu, na beira da estrada, muitas florezinhas silvestres –
porque as flores, elas são insistentes, representam a beleza de Deus e
são capazes, mesmo no deserto, de teimar em florir, aqui e ali-essa
companheira foi na direção dessas poucas florezinhas rasteiras, Maria disse
para ele:

-Não pise as flores do chão! Elas são nosso Pai a embelezar nossas
vidas e resplandecer nos nossos olhos a grandeza que só Ele sabe doar.
Essas florezinhas, se forem pisadas pelos nossos pés, não darão o néctar
precioso para as abelhinhas, não será o alimento para o colibri... Não
pise as flores do chão.

-Maria, em tudo você vê Deus. Em tudo o que você faz, você sempre vê
Deus. Essas flores para mim são apenas flores, mas para você, elas
representam uma vida tão extensa, tão fértil ... Eu não vou pisá-las.

Ao afastar-se do local, naquele instante, uma serpente fugiu de entre
as flores e atravessou o caminho. A mulher, a jovem mulher, deu um grito
de susto:

-Maria, você, me ensinando não pisar as flores, me salvou a vida!

Maria disse:

-Não, minha amiga, quem te salvou a vida foi Deus. 
Bezerra de Menezes